Arquétipos: o que são e como usar

Há algum tempo vem se espalhando pela internet a discussão do uso de arquétipos. Você já ouviu falar nessa prática? Para quem acredita em técnicas de esoterismo, o uso dele pode lhe guiar ao autoconhecimento e ser a chave para seu desenvolvimento pessoal. Por isso, confira Arquétipos: o que são e como usar.

Para quem já ouvir falar e pretende começar a utilizar, e até mesmo para quem ainda não tem conhecimento algum sobre o assunto, é importante estudar determinados pontos, como por exemplo: o que são, como escolher um, como utilizar, lado luz/lado sombra, etc. 

Por isso, reunimos as principais propostas desta técnica, além de uma lista de arquétipos, considerando os mais poderosos e mais usados. Confira: 

Afinal, o que são arquétipos?

Os arquétipos são símbolos, geralmente apresentados em imagens, que carregam um determinado significado. Eles têm a intenção de provocar, consciente ou inconscientemente, sentimentos e emoções em  quem os visualiza. A imagem constantemente observada, acaba por estimular os neurotransmissores, fazendo com que estes sentimentos e emoções tomem forma, influenciando na maneira como guiamos e enxergamos nossas vidas. Assim, o indivíduo tende a moldar a sua personalidade e costumes de acordo com a perspectiva de vida visualizada. 

Como utilizá-los? 

O uso dos arquétipos pode ocorrer, por exemplo, na decoração de sua casa – com quadros, fotos, estátuas -, no papel de parede da tela de bloqueio de seu celular, ou até mesmo ouvindo áudios que demonstram o som do seu arquétipo.

Porém, se você deseja ativá-los com maior rapidez e facilidade, é muito importante que você siga outros dois passos:

Estude o arquétipo escolhido. É fundamental conhecer o máximo dele, desde seu lado luz e seu lado sombra, até ler livros, ouvir músicas, ver filmes que demonstrem os símbolos de seu significado.

Utilize afirmações. Fale a escreva frases que evocam o poder de seu arquétipo. Lembre-se que é necessário sempre utilizar a intenção e a concentração. As afirmações devem ser realizadas 7 vezes, 3 vezes ao dia, por 21 dias. Em conjunto, observe suas atitudes e analise se há concordância com o que você afirma. Ações são tão importantes – senão mais – que palavras. 

Lado Luz vs Lado Sombra

Todos os arquétipos possuem seu lado luz e seu lado sombra. Isso nada mais é do que as características que cada um trás consigo, podendo ser positivas ou negativas. Dessa forma, pode-se captar para si tanto um lado, quanto outro. Geralmente ocorre de o lado sombra se manifestar somente quando há uma predisposição no sujeito de determinado traço. Por isso, analise sempre tudo o que se refere ao arquétipo em questão antes de utilizá-lo.

Dica para minimizar o lado sombra: Caso você deseje utilizar um arquétipo, porém teme que suas características negativas possam acentuar-se, una outro arquétipo que gere equilíbrio. Por exemplo: O arquétipo da Cleópatra é muito forte, representa força, magnetismo, sucesso, poder e inteligência. Mas por ter a  energia Yin muito acentuada, pode acabar por ressaltar traços de agressividade e rebeldia. Assim, pode-se unir ao uso o arquétipo de flores ou do golfinho, que representam a alegria, tranquilidade. 

Arquétipos mais utilizados

Algumas procuras por arquétipos específicos são comumente realizadas. Portanto, reunimos os principais mais utilizados, sua intenção e seu lado sombra – que seria o lado negativo.

ANIMAIS:

Águia – Representa visão, liderança e independência. Seu lado sombra pode causar traços de orgulho, distanciamento e excesso de confiança.

Cavalo – Representa coragem, humildade, ação. Seu lado sombra pode causar comunicação agressiva, excesso de liberdade e impaciência.

Coruja – Sabedoria, observação, tomada de decisões sábias. Seu lado sombra pode causar insônia, lentidão durante o dia, desenvolvimento melhor em hábitos noturnos.

Flamingo – Relacionamentos amorosos duradouros e com fidelidade. Seu lado sombra pode causar dependência emocional, vaidade excessiva e tendência à preguiça. 

Leão – Empoderamento, autoestima, aumento de libido, proteção. Seu lado sombra pode causar preguiça e materialismo.

OUTROS:

Chave – Representa conquista, oportunidades, abertura de novos caminhos, poder. Seu lado sombra pode trazer a revelação de segredos que pretendiam-se manter ocultos. 

Ouro – Representa a riqueza, abundância, a mais pura prosperidade. Seu lado sombra pode causar ganância, excesso de ambição e materialismo. 

Trigo – Representa abundância, dinheiro, alegria no relacionamento. Seu lado sombra pode causar ganância. 

Afrodite – Representa beleza extrema, poder, libido, sensualidade e amor próprio. Seu lado sombra pode causar vaidade excessiva, infidelidade, vingança, descumprimento de regras. 

Cleópatra – Representa o magnetismo, a sedução, aumento da libido, a inteligência. Pode ser usada para suprimir efeitos de fofocas. Seu lado sombra pode causar agressividade, rebeldia, competição, além de poder atrair relações com intenções meramente por atração física. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.