PET SITTER: uma babá para seu pet!

Vai ficar fora de casa por alguns dias e não pode levar seu animalzinho? Relaxa, a solução é PET SITTER: uma babá para seu pet!

Pet Sitter é um termo que deriva do inglês e que significa, literalmente, “babá de animais”. Dessa forma, estamos nos referindo a um profissional que irá cuidar dos pets enquanto os seus donos estão ausentes. Além disso, este é um serviço flexível e que sujeita-se à maior adaptação possível das necessidades do tutor e do animal. 

Ou seja, neste serviço é possível estabelecer critérios para a realização dos cuidados, como o tempo ou a quantidade de visitas a serem feitas, as atividades a serem desenvolvidas com o animal, solicitação de relatórios e fotos dos animais para que seja acompanhado pelo tutor, bem como o cumprimento dos horários combinados.

Pet Sitter cuidando de cachorros. Ela está brincando com eles em um ambiente doméstico.

O que faz o Pet sitter?

Como dito anteriormente, o serviço se adequa sempre às necessidades do contratante e do bichinho de estimação. Mas de uma forma geral, o profissional faz visitas à domicílio a fim de realizar alguns cuidados aos animais, como por exemplo:

  • Abastecer os reservatórios de água e comida; 
  • Organizar o espaço do animal;
  • Higienizar o ambiente (tapetes higiênicos, realizar descarte de resíduos);
  • Administrar doses de medicamentos, se necessário; 
  • Dar banho e escovar o animal, se solicitado; 
  • Fazer companhia ao animal, acariciá-lo; 
  • Brincar com o animal; 
  • Levar o pet para passear, etc. 

Apesar de essas tarefas serem básicas, é importante o profissional apresentar diferenciais. Como qualquer outra profissão, há a possibilidade de agregar cada vez mais aos serviços, desde tarefas mais simples como oferecer banho e tosa em domicílio, até apresentar experiência em cursos técnicos de veterinária ou prestação de primeiros socorros, podem auxiliar na contratação. 

Outro ponto muito interessante, é buscar se o profissional oferece alguma página em rede social para demonstrar suas práticas, atendimentos e depoimento de outros clientes. Isso pois é muito importante que o profissional mostre-se preparado para elaborar atividades que demonstrem consideração pela raça, idade e personalidade do animal.

Quando devo procurar um Pet Sitter? 

A procura pelo serviço está grandemente associada à necessidade dos tutores de realizar viagens onde os animaizinhos de estimação não podem os acompanhar. Assim, sentem-se despreocupados de passar muitos dias fora de casa, já que seu bichinho estará alimentado, cuidado e protegido. 

Porém, também há quem procure os serviços pois tem uma rotina de trabalho muito intensa durante a semana e por consequência disso, não consegue dar a atenção pretendida para o pet. Dessa forma, confia que os cuidados e necessidades básicas dele estarão sendo atendidas. 

Ainda, esta comodidade pode ser contratada em situações pontuais como quando o tutor, mesmo estando em casa por exemplo, precise de um auxílio pois dispõe de algum problema de saúde no momento e encontra-se impossibilitado de cumprir o saneamento das necessidades do pet.

Qual o valor de contratação de um Pet Sitter? 

A questão de precificação deste serviço pode variar de acordo com as atividades pré-estabelecidas entre o tutor e o profissional, além disso, o valor pode ser combinado por hora ou por visita. No entanto, normalmente o preço varia entre R$ 30 à R$ 50. Porém, em casos onde o profissional destaca-se por qualificação, há serviços diferenciados inclusos no pacote ou há um número maior de animais que necessitam de cuidados, este valor pode chegar até R$ 150. 

Divulgação do serviço

Ficou interessado em contratar um Pet Sitter ou até mesmo em tornar-se um e não sabe por onde começar? Tranquilo. Atualmente, na internet há diversos site de Pet Sitting, como o Petz, DogHero, Meu Pet Club, etc. Neles, você informa sua localização, seus critérios de contratação ou serviços, datas e ainda pode fazer contato direto com o contratante/profissional. Há também demonstrativo dos valores cobrados pelos profissionais cadastrados na plataforma e um breve resumo sobre seus trabalhos.

Porém, há também a possibilidade de divulgação de serviços em redes sociais particulares, comumente feita por profissionais mais envolvidos na área, pois lhe é possível demonstrar detalhadamente seu desempenho. Então não deixe de fazer uma busca no Instagram ou Facebook!

Mas o mais seguro é sempre escolher um profissional baseado nas indicações de suas atividades por pessoas que já experimentaram seus serviços. Então, se você tem algum amigo ou conhecido que já buscou por esse modalidade, solicite feedbaks e indicações!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.